Suzanne’s Diner

Um texto muito bacana sobre Tom’s Diner da Suzanne Vega.

Beaware Of It

Imagem

Suzanne Vega mora no meu inconsciente. Os acordes de Luka me levam para a minha infância, quase no seu final, quando (acredito eu) comecei a me apaixonar por música. Lembra-me de tardes de sábados de primavera, eu com os cotovelos apoiados nos bancos da frente do carro, praticamente de pé no banco de trás, indo para o Ibirapuera ou ao supermercado com meus pais. E os primeiros acordes do teclado e em seguida o violão, por detrás da voz do locutor que anunciava a faixa, viajando pelo interior do Monza verde, cortesia da rádio Cidade FM.

Mas minha música favorita dela é Tom’s Diner. Essa me lembra uma fita cassete que gravei, que tinha ela dos dois lados. Do lado A, logo depois dela, tocava Easy (a versão do Faith No More). No lado B, tocava ela e depois It Must Have Been Love. Era dessas fitas que você grava…

Ver o post original 464 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s